dor nas costas

Lombalgia? Trate com Pilates e RPG

Lombalgia? Trate com Pilates e RPG

Lombalgia? Sabe aquela dor nas costas que incomoda quase que diariamente? É a lombalgia, localizada na região lombar inferior, e pode ser aguda, com duração menor do que 3 semanas, ou crônica, com duração maior do que 3 meses.

Apesar de ser extremamente comum, e atrapalhar a vida de muitas pessoas, a lombalgia pode ser tratada sem remédios, apenas com exercícios específicos para o problema, indicados e acompanhados por um fisioterapeuta.

De acordo com o fisioterapeuta do Espaço Integra, Guilherme Tolosa, Pilates e Reeducação Postural Global (RPG) são opções de tratamentos para diminuir a dor, fortalecer a musculatura da coluna e não entrar mais para a estatística dos que sofrem com o problema. “Quando não tratada, além da dor voltar, pode se tornar uma situação mais grave e até causar alguma limitação e até incapacidade”, destaca.

O que causa a lombalgia?

A coluna é formada por ligamentos, tendões, músculos, ossos, articulações, disco intervertebral. Algumas doenças inflamatórias como a espondilite anquilosante, infecções e até tumores se manifestam em forma de dores na lombar.

As dores lombares mais comuns, entretanto, surgem quando forçamos demais a coluna ou usamos de forma errada, indicando que algo não vai tão bem ou precisa de sua atenção.

Causam a lombalgia entorses e distensões, esforços repetitivos, excesso de peso, pequenos traumas, condicionamento físico inadequado, erro postural, ficar em uma posição não ergonômica no trabalho e a osteoartrose da coluna (desgaste das estruturas da coluna que pode levar à degeneração dos discos intervertebrais e articulações).

Quem sofre com a lombalgia?

  • Apesar da lombalgia ter causas variadas, a sua incidência é maior em:
  • Pessoas sedentárias,
  • Tabagismo;
  • Gravidez;
  • Fatores genéticos;
  • Traumatismo na região lombar;
  • Sedentarismo;
  • Pessoas com sobrepeso;
  • Pessoas com posturas incorretas;
  • Trabalhadores que atuma com grande sobrecarga física;
  • Mulheres que ficam muito tempo em pé com salto alto;
  • Indivíduos que permanecem longos períodos em uma mesma posição (sentados ou em pé);
  • Pessoas com pouca mobilidade corporal (encurtamentos musculares).

Pilates para lombalgia

O Pilates fortalece os músculos profundos do tronco, incluindo os multífidos lombares e o transverso do abdômen, além de estabilizar a coluna lombar. “Com a prática de Pilates e o fortalecimento muscular, as chances das dores voltarem diminui. Conseguimos reestabelecer o equilíbrio da coluna em relação ao seu centro de massa, com uma base de músculos fortes que vão proteger a coluna durante as atividades diárias”, explica Guilherme Tolosa.

RPG para lombalgia

A RPG é um método bastante eficaz nos problemas posturais, por isso é importante no tratamento da Lombalgia. “Com a Reorganização Postural Global, a RPG, fazemos os ajustes na postura para a reorganizar todo o corpo. Com isso, cuidamos de toda a musculatura do paciente, diminuindo dores e prevenindo futuros problemas”, afirma Guilherme Tolosa.

A RPG se concentra no alongamento dos músculos responsáveis pela alteração postural, por isso trata a Lombalgia que, na maioria das vezes, é decorrente de posturas incorretas no dia-a-dia.

 

Marque sua sessão!

Para tratar os distúrbios intestinais e outros problemas físicos ou psicológicos, entre em contato com o fisioterapeuta Guilherme Tolosa pelo telefone/whats (11) 97998-3663. O Espaço Integra fica na rua Martim Soares, 80, próximo ao metrô Tatuapé.

 

Acompanhe minhas redes sociais:

Facebook

Instagram

 

Leia também!

Pilates para adolescentes

Posted by Clínica Integra in Todos
Pilates para adolescentes – os benefícios na fase de crescimento

Pilates para adolescentes – os benefícios na fase de crescimento

O Pilates é um dos exercícios mais importante para os adolescentes por trabalhar todos os grupos musculares e a saúde mental.

A adolescência é uma fase de mudança físicas e emocionais importantes, e junto com ela, vem o período mais crítico em relação aos possíveis problemas na coluna, a má postura e as dores.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) 70% dos problemas de coluna na fase adulta têm como causa o excesso de peso e esforço repetitivo na infância e adolescência. E tem mais! O estudo afirma que 85% da população mundial adulta sente ou já sentiu dores nas costas.

Mochilas sobrecarregadas, computador, videogame, celular e tabletes são alguns dos motivos que levam os jovens a sentir dores.

Segundo o fisioterapeuta Guilherme Tolosa, é preciso que os pais fiquem atentos ao peso do material escolar dos filhos.

O sobrepeso das mochilas pode causar dores e alterações posturais e causar problemas para a saúde durante toda a vida adulta”, explica. Por isso é importante lembrar que mochila não deve ultrapassar 10% do peso corporal”.

A importância do Pilates na adolescência

Para diminuir os problemas posturais, os profissionais de saúde têm indicado cada vez mais o Pilates, mesmo antes do estirão dos meninos, aquele período entre os 9 e 14 anos de idade.

Guilherme Tolosa explica que os benefícios do Pilates são inúmeros para os adolescentes, pois a modalidade ajuda a manter a postura correta, fortalece a musculatura responsável pelo equilíbrio do corpo e mantém o alongamento e a flexibilidade.

Os benefícios

Além de fortalecer o corpo e ajudar a manter a boa postura, o Pilates desenvolve a habilidade respiratória, a concentração e a coordenação motora.

Essa modalidade auxilia também no desenvolvimento intelectual do jovem, e sua prática melhora a disposição, o equilíbrio, a autoestima e autoconfiança.

10 motivos para praticar o Pilates

  • Facilita a drenagem linfática e auxilia o sistema circulatório
  • Reduz o estresse diário;
  • Melhora a consciência corporal;
  • Auxilia na melhora do rendimento escolar;
  • Ajuda a emagrecer;
  • Aumenta a mobilidade e a resistência muscular;
  • Fornece energia e concentração para realizar as atividades diárias;
  • Aumenta a resistência física e mental;
  • Alivia dores musculares;
  • Acaba com o sedentarismo.

Leia também!
Cure a depressão e a ansiedade com shiatsu

Posted by in Todos
RPG e seus benefícios

RPG e seus benefícios

Sofre diariamente com escoliose, hiperlordose, dores nas costas, dor de cabeça, nos joelhos e quadril? A RPG, ou reeducação postural global, pode ajudar você. A técnica une exercícios físicos e posturas da fisioterapia para combater esses e outros problemas de saúde.

Para iniciar o tratamento, de acordo com o fisioterapeuta Guilherme Tolosa, é feito uma análise da postura do paciente e, então, são definidos quais os exercícios que irão ajudá-la a fortalecer os músculos mais fracos e alongar os músculos, tendões e ligamentos necessários para realinhar todo o corpo.

Sem dores!

O principal benefício da técnica de RPG é a diminuição da dor já na primeira sessão. Sem remédio ou contraindicação, esse método ainda mostra a importância da consciência corporal e a necessidade de manter uma boa postura durante seu dia-a-dia.

Com o tratamento, a RPG faz maravilhas para a saúde!

  • Combate a dor nas costas;
  • Realinha a coluna;
  • Elimina a dor ciática e a hérnia de disco;
  • Trata o torcicolo;
  • Reposiciona corretamente os joelhos;
  • Auxilia na melhora da respiração
  • Devolve os movimentos do tronco em pessoas com espondilite anquilosante;
  • Cuida das articulações
  • Trata a dor crônica do quadril;
  • Elimina a tensão nos músculos das costas e do pescoço, diminuindo a dor de cabeça;
  • Corrigir o pé plano;
  • Trabalha a respiração;
  • Realinha a posição da cabeça e dos ombros.

 

Exercícios individuais

A RPG permite que o fisioterapeuta faça um plano de tratamento com exercícios indicados para a necessidade de cada pessoa. “A prescrição é individual, seguimos as características de capa pessoa e suas necessidades. Não existe, no tratamento com RPG, uma recomendação generalizada”, afirma.

As sessões têm duração de aproximadamente 1 hora e são indicadas uma por semana. O tempo de tratamento varia de acordo com o problema do paciente.

 

Leia também!

Cure a depressão e a ansiedade com Shiatsu

Posted by in Categoria 01
Dor crônica – a microfisioterapia pode ajudar você!

Dor crônica – a microfisioterapia pode ajudar você!

A dor crônica afeta diariamente quatro em cada 10 brasileiros. O número é alto e preocupante. Segundo o fisioterapeuta Guilherme Tolosa, responsável pelo Espaço Integra, essas dores impactam no estilo de vida e podem estar ligadas a diversos fatores além do físico.

“A dor é uma forma de defesa do organismo para mostrar que algo não está bem no corpo. Ela causa sintomas desagradáveis, transtornos sociais, psicológicos e familiares”, explica.

A dor crônica

Quando as dores duram mais de três meses, ela já é considerada crônica, e o tratamento precisa englobar o físico e o emocional. A insônia também pode desencadear esse problema. Uma das maiores dificuldades é a intensidade da dor, que pode variar muito, chegando ao nível máximo. Com o sedentarismo e a necessidade de longas jornadas de trabalho em uma única posição, a dor crônica fica ainda mais perigosa, porém, existem tratamentos e meios para curar esse mal e também prevenir que elas atinjam o corpo. A microfisioterapia é uma das opções e tem oferecido cada vez mais resultados eficientes.

A Microfisioterapia

A Microfisioterapia é uma técnica de terapia manual com bases na Embriologia, que trata a causa do problema e não apenas os seus sintomas.

Com a ponta dos dedos e a palma das mãos, o fisioterapeuta identifica os tecidos em todo o corpo que perderam sua função e vitalidade e promove a cura desses locais, regulando a região afetada.
A Microfisioterapia entende que os danos causados no decorrer da vida de uma pessoa geram cicatrizes, que criam as dores. Entre os benefícios desta técnica estão a melhoria do estado emocional, muito ligado a dor crônica.

A sessão de Microfisioterapia

As sessões simples e englobam 4 etapas. Na primeira delas, em uma conversa com o paciente, o fisioterapeuta, único profissional que pode fazer a Microfisioterapia no Brasil, conversa para entender os problemas e sintomas. “Nesta etapa, o diálogo auxilia a encontrar a fonte do problema”, explica doutor Guilherme.
Durante a segunda e a terceira etapa, o profissional encontra os tecidos que perderam vitalidade e ficaram com cicatrizes e os locais afetados pelos sintomas.

Em seguida, o fisioterapeuta estimula o corpo a buscar a autocura. Com o tratamento da microfisioterapia há uma grande melhora na saúde mental e, consequentemente, das dores físicas crônica. A Microfisioterapia ataca o foco e elimina as dores crônicas, além de ser utilizada como uma ação preventiva para que o organismo siga saudável.

Posted by in Categoria 01
Pilates e seus benefícios!

Pilates e seus benefícios!

Você já deve ter ouvido falar que o Pilates é uma das atividades físicas mais completas, não é?

Além de fortalecer os músculos, ajudar a combater dores, corrigir a postura, aumentar a elasticidade do corpo com um todo e aliviar o estresse, esse exercício ainda faz muito mais para sua saúde e bem-estar!

Atividade secular

O Pilates foi criado na década de 1920 por Joseph Pilates, um homem que, sabendo de suas limitações físicas, buscou formas de se exercitar, unindo corpo e a mente.

O conceito do Pilates é ter o controle consciente de todos os movimentos executados pelo corpo, sejam pelos músculos, tendões ou ligamentos.
Diferentemente dos exercícios praticados em academias, o Pilates é adaptado ao aluno conforme as necessidades do cliente, buscando o benefício máximo e a conexão mente, corpo e espírito. Esse direcionamento das atividades permite que o Pilates seja praticado por pessoas de todas as idades, tanto por quem quer colocar o corpo em movimento com para pessoas que sofrem com alguma patologia e precisam se reabilitar.

O Pilates é indicado para quem sofre com dores crônicas, problemas neurológicos, problemas ortopédicos e na coluna vertebral.

Pilates e seus benefícios

  • Força – Com o auxílio de molas nos aparelhos e o peso do próprio corpo, o aluno trabalha o condicionamento corporal e a elasticidade dos músculos.
  • Concentração – É princípio do Pilates. Manter o foco no desenvolvimento do exercício leva à eficácia.
  • Controle – Com a concentração, a coordenação motora do aluno é trabalhada para que todos os movimentos sejam feitos de forma harmônica, evitando contrações musculares e o surgimento de dores.
  • Respiração – É o fator primordial desde o início do movimento. O aluno aprende a sincronizar respiração com a realização da atividade. O resultado é a precisão e a força muscular.
  • Equilíbrio –Os exercícios desenvolvem no praticante de Pilates o equilíbrio postural, realinhando todos os membros.
  • Paz e alegria – A prática do Pilates faz com que o corpo libere dopamina e serotonina, os hormônios responsáveis pelo prazer e pelo bem-estar. Dessa forma, o aluno mantém o controle emocional nas diversas atividades do dia a dia!

Veja também: http://espacointegra.blog.br/microfisioterapia/

Posted by in Todos